I Encontro para a Salvaguarda da Capoeira do Pará

IMG_6426
A criação do Registro dos Bens Culturais de Natureza Imaterial e do Programa Nacional do Patrimônio Imaterial, em 2000, teve como escopo ampliar a proteção e valorização do patrimônio cultural, ao incluir no rol de bens a serem preservados aqueles de natureza imaterial. Em 2008, o ofício dos Mestres de Capoeira e a Roda de Capoeira foram registrados como bens culturais nacionais. Por se tratar de um Registro em nível nacional, recomendou-se que a salvaguarda da Capoeira fosse realizada por meio de ações descentralizadas encaminhadas pelas Superintendências do IPHAN, como forma de melhor atender as demandas específicas de cada Estado.
Nesse sentido a Superintendência do IPHAN no Pará realizou, no último 30 de novembro, em parceria com a Coordenação de Promoção da Igualdade Racial da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (CEPIR/SEJUDH), o I Encontro para a Salvaguarda da Capoeira do Pará, com a participação de Mestres, grupos e pesquisadores do universo da Capoeira no Estado.
A proposta do Encontro foi iniciar o diálogo com Mestres e representantes de grupos de Capoeira do Pará, no sentido de estabelecer diretrizes para o planejamento de ações de salvaguarda a serem implementadas a partir de 2014. “A intenção desse encontro é construir um primeiro diagnóstico sobre a situação da Capoeira no Pará, a partir do qual indicaremos propostas de ações de salvaguarda da Capoeira no estado, cuja implementação se dará a partir de 2014” diz o técnico responsável pela ação Cyro Lins.
Os participantes passaram o dia reunidos com os técnicos do Iphan para identificar, debater a apontar possíveis soluções para os principais problemas relacionados à prática da Capoeira no estado do Pará. Os temas discutidos seguiram os eixos temáticos definidos em âmbito nacional, nos encontros do Programa Nacional de Salvaguarda e Incentivo à Capoeira – Pró Capoeira. Deste modo, foram debatidas questões sobre identidade, profissionalização da Capoeira e a sua relação com a educação, esporte e lazer, assim como as políticas de fomento e de desenvolvimento sustentável.
As principais questões levantadas pelos participantes dizem respeito à necessidade de profissionalização da Capoeira aliada à capacitação dos jovens professores e ao reconhecimento e valorização dos Mestres mais idosos. Também foi apontada a necessidade de se pensar em caminhos para a formalização e regularização da atuação de professores e Mestres juntos à instituições de ensino e de práticas esportivas.
Para o ano de 2014, foi indicada a realização de um mapeamento dos grupos e Mestres do Pará, com o intuito de melhor conhecer o universo da Capoeira no estado, assim como a promoção de seminários e encontros, com a participação de capoeiristas, gestores públicos e de instituições ligadas à capoeira, para debater de forma mais incisiva e encaminhar soluções para os problemas identificados neste primeiro encontro.
Para ver as fotos do evento click na imagem a seguir:IMG_6232 - Cópia
Anúncios

3 comentários sobre “I Encontro para a Salvaguarda da Capoeira do Pará

  1. Como poderia ter mais informações sobre esse encontro? Existe uma pauta para 2014? Faço parte do Comitê Gestor Provisório da Salvaguarda da Capoeira em MG e gostaria de ter notícias do andamento das ações em outros estados.

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s