Canto do Patrimônio/IPHAN-PA recebe a exposição “Nós de Aruanda – Artistas de terreiro”

nosdearuanda

O Canto do Patrimônio – sala de exposições da Superintendência do Iphan no Pará, reabre as suas portas para receber a riqueza artística dos povos e comunidades de matriz africana, com a exposição “Nós de Aruanda – Artistas de terreiro”, entre os dias 06 e 29 de maio de 2015.

“Nós de Aruanda – artistas de terreiro” da título para a exposição e brinca com os sentidos que essa expressão pode ter: de quem, ou de quais nós, nós estamos falando, quem somos nós? Talvez o que queiramos seja nos debruçar sobre esses enlaces emaranhados desses nós que, ao fim, se traduz na busca por conhecer esse rico universo numa perspectiva diferenciada: a produção poética e os estudos universitários como ferramentas para conhecer, descobrir, divulgar e defender a riqueza das culturas tradicionais de matrizes africana e suas correlações com as muitas Áfricas que (re)inventamos no Brasil. A exposição, fruto de uma ação coletiva, com curadoria e pesquisa coletiva a partir de uma proposta de Arthur Leandro, integrante do Grupo de Estudos e Pesquisa Roda de Axé,  entra no seu 3º ano, celebrando a cultura africana e com várias atividades interessantes em sua programação: rodas de conversa, cine clubes, shows e mais sobre a riqueza das culturas tradicionais de matriz africana.

O grupo Roda de Axé fez uma chamada pública para participação de artistas de terreiros e a partir da resposta de interesse desses artistas é que se construiu a exposição. A seleção de artistas primou pelo pertencimento a comunidades de terreiros e interesse em participação na ação artística coletiva, todas as decisões foram tomadas em reunião colegiada entre artistas e pesquisadores.

A exposição “Nós de Aruanda” apresenta práticas artísticas do cotidiano das culturas da diáspora que recriam algumas dessas diversas Áfricas amazônicas, apontam para a pluralidade de entendimentos sobre a arte e que em comum trazem um forte viés emotivo baseado na coletividade, no cotidiano dos terreiros, nas lutas políticas por direitos de cidadania, na política afirmativa, nas práticas ritualísticas, na memória afetiva e na memória de vida como elementos essenciais para a construção de mundo que resulta na poética desses artistas, assim como para a compreensão teórica para a construção dos paradigmas estéticos afro-amazônicos – uma futura estética que tem a potência da estética diversificada e construída pela experiência plural negra e brasileira nesta região, e que indica vínculos a elementos socioculturais africanos e amazônidas.

Este ano, a exposição Nós de Aruanda será realizada no Canto do Patrimônio – sala de exposições da Superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional no Pará – IPHAN/PA. Localizado na Av. Governador José Malcher, esquina com a Travessa Ruy Barbosa, o Canto do Patrimônio, receberá a exposição Nós de Aruanda entre os dias 06 e 29 de maio.

Exposição “Nós de Aruanda – Artistas de terreiro”.

Onde: Superintendência do IPHAN no Pará – Canto do Patrimônio (Av. Governador José Malcher, nº 563, esquina com Tv. Rui Barbosa).

 

Abertura: 06 de maio, a partir das 18 horas

 

Horário de visitação: de segunda à sexta, das 9h às 18h.

 

Encerramento: 29 de maio

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO (clique na imagem para ampliar):

 nosdearuanda1

Anúncios

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s